A Rede +Brasil chega a 2022 com 185 instituições parceiras

Em 2021 foram realizadas 30 novas adesões, ultrapassando a marca de todo o ano de 2020
Publicado em 28/12/2021 16:12

#AREDENAOPARA 

A Rede +Brasil se fortalece a cada dia com a chegada de novos parceiros! Agora, essa tão importante rede de gestão colaborativa conta com 185 instituições parceiras que, juntas, unificam entendimentos entre as três esferas do governo e interagem com os outros poderes, promovendo a melhoria dos processos de transferências de recursos públicos e a efetividade das políticas públicas. 

Em 2021 foram realizadas 30 novas adesões, ultrapassando a marca de todo o ano de 2020. Entre os novos parceiros estão a Fundação Biblioteca Nacional (FBN) e a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). 

Por meio da adesão à Rede, o parceiro passa a ter acesso, em primeira mão, às inovações, às melhorias sistêmicas e normativas e às novas capacitações que, muitas vezes, surgem de demandas ou sugestões dos próprios parceiros da Rede.  

Além disso, o parceiro passa a usufruir de inúmeros benefícios, com destaque para participação de ações que visam o fortalecimento da governança; a melhoria de processos; a capacitação das equipes envolvidas nos processos relativos a transferências da União; a construção colaborativa de soluções e melhorias; além de ser um importante passo em direção a uma gestão pública +ÍNTEGRA, +INTEGRADA, +INOVADORA, +TRANSPARENTE, +SIMPLES e +EFETIVA. 

Veja aqui se o seu órgão faz parte da Rede e, se não fizer, entre em contato conosco pelo e-mail: redemaisbrasil@economia.gov.br.   

Conheça os eixos de atuação da Rede +Brasil e os nossos eventos (https://redemaisbrasil.plataformamaisbrasil.gov.br/eventos/). Venha fazer parte da Rede! #aredenaopara #juntossomosmaisfortes #plataformamaisbrasil 

Rede +Brasil 

É uma rede de governança colaborativa, instituída pela Portaria nº 33, de 22 de janeiro de 2020, com o objetivo de promover maior integração entre os parceiros, com vistas ao fortalecimento da governança, do diálogo e da gestão, bem como à melhoria do gasto público, e maior efetividade das políticas públicas implementadas com recursos decorrentes das transferências da União. 

A Rede é composta por órgãos e entidades públicas e privadas e foi constituída para o aprimoramento, a disseminação e o compartilhamento de conhecimentos relativos à gestão das transferências da União operacionalizadas por meio da Plataforma +Brasil, instituída pelo Decreto nº 10.035, de 1º de outubro de 2019